MISSÃO CUMPRIDA: CONHECENDO O EXÉRCITO DA REPÚBLICA


O primeiro dever da série Missão Cumprida é no infernal deserto de Geonosis. Eu sei, você deve estar se perguntando como é possível já que quando se inicia a Campanha no Star Wars Battlefront 2, aparece na verdade Mygeeto. Oficialmente, Geonosis é a primeira missão desse modo singleplayer, por mais que sirva apenas como um tutorial. Sendo assim, resolvi ficar responsável por ela para acabar logo com o drama, rs...

Poucos sabem disso, mas mapas abertos são os que eu mais odeio, ainda mais porque quase sempre estou portando uma bazuca nos servidores BF2 BRASIL e não tenho o resultado esperado com meus tiros comparado a lugares mais fechados. Então realizar essa missão foi muito divertido vocês podem imaginar, ainda mais pelo nível desafiador pelo fato de a fase ser um tutorial. Mas... Missão dada é missão cumprida!


Por mais que Geonosis esteja figurando na minha lista negra de mapas, é nele que no Star Wars acontecem um dos meus momentos mais preferidos da saga, sendo mais preciso no Episódio II: Ataque dos Clones. A primeira aparição do exército da República em ação é simplesmente fantástica e encerra o filme com chave de ouro. Infelizmente, o SWBF2 não conseguiu levar para o game as reais emoções que o planeta dos horrendos geonosianos carrega.

Com relação à missão, aprendemos a usar todas as classes presentes no jogo, mais precisamente nesta ordem: Trooper,  Engineer, Special Class 2 (no caso da República, o Jet Trooper), Sniper e Heavy. O Special Class 1, que seria o Clone Commander, não era jogável. Para cada tipo de soldado, somos obrigados a cumprir missões características de cada classe. Admito que penei um pouco na pele do Clone Sharpshooter já que não tenho a mesma precisão que os companheiros Royer e Sev, por exemplo. Mas, depois de alguns tiros, fiz questão de caçar droids que passeavam pelo mapa em cima dos STAPs para me sentir mais orgulhoso, rs...


Todas as missões são bem fáceis, com o propósito apenas de você entender como funciona cada classe mesmo. Com exceção do objetivo que eu precisava reconstruir os robôs de fornecer vida e munição, que você fica parado durante um tempo significativo numa área completamente exposta, não tive dificuldade para completar cada compromisso. 

Por fim, você aprende a usar um herói e entende que é preciso matar para sobreviver. Quanto menos eu me movimentava com o poderoso Mace Windu, era alvo constante dos queridos droids, que eu não me cansava de aniquilar e até esquecia em alguns momentos de completar a missão. Confesso que quase levei o jedi para a morte num momento de descuido. O último objetivo do mapa é conquistar uma base adversária, algo simples se você não tem sua barra de vida diminuindo de forma gradual. Eu me esqueci desse detalhe e quando fui surpreendido por cinco inimigos, vindo em duas direções, quase descansei em paz na Força. Mas sou Bonham Kriehger e não me dei por vencido. Missão cumprida!
Bom galera, espero que tenham gostado do primeiro capítulo da série Missão Cumprida. A estreia não foi tão explosiva como eu imaginei, afinal, Geonosis tratava-se de uma fase tutorial, realmente não tinha como fugir muito do roteiro. Mas sei que para as próximas missões, eu e os soldados convocados para completar esse especial não teremos vida fácil.

Fiquem ligados no segundo episódio de Missão Cumprida, que terá no comando o mercenário Arthur Bianchi, mais conhecido como KoganeNoKitsune. Vamos ver se ele dará conta de liderar o exército da República em Mygeeto!

Compartilhar no Google Plus

2 comentários:

  1. Minhas armas já estão prontas para acertar a cara de quem tentar me impedir de cumprir minhas missões. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estarei no aguardo, Ranka! Quero ver como você vai se sair, rs...

      Excluir

Tecnologia do Blogger.