VÍDEOS DO CANCELADO BATTLEFRONT 3 CAEM NO YOUTUBE! VEJA


Só quem é fã de Star Wars Battlefront sabe a agonia que é esperar a terceira versão da série. O eterno SWBF2 foi lançado em 2005. Sim, 2005, nove anos atrás. Desde então, com o avanço da tecnologia na área de games, ficamos esperançosos quanto ao lançamento de SWBF3, mas adentramos num período negro de boatos em cima de boatos e, de confirmação, só cancelamentos dos projetos que dariam sequência ao melhor jogo de FPS de Guerra nas Estrelas.


Surgiu então uma luz no fim do túnel. A empresa Free Radical apareceu como A Escolhida para trazer o equilíbrio à Força e anunciou que trabalharia para lançar o tão esperado Battlefront 3. Mas em 2012, a desilusão veio através do fechamento da empresa e, portanto, do cancelamento do jogo, que, segundo a própria Free Radical, estava 99% pronto. Porcentagem posta em cheque pela Lucasarts e que gerou uma boa polêmica na época, mas esta história eu prometo trazer para vocês com mais detalhes numa matéria futura.

Bom, com o fim da Free Radical, acabaram-se também as esperanças dos fãs de Battlefront de terem a oportunidade de jogarem o novo game. Atravessamos novamente um período imerso nas trevas e que desestimulou muitos players, que entraram em exílio e ficaram lembrados apenas pelos seus atos em SWBF2.

Felizmente, após a tempestade sempre vem a bonança, e a DICE já está consolidada como a encarregada de trazer alegria para todos os fãs de Battlefront. Sexta-feira (17), inclusive, eu publicarei uma matéria bem legal sobre como está o desenvolvimento do novo Battlefront, fiquem de olho!

“Legal, Bonham, mas cadê os vídeos que vazaram de SWBF3?” é o que você deve estar me perguntando. Ok, vamos então ao que interessa!

Os perfis no Youtube Chr0m3xMoDz e BananaSwag vazaram vídeos da versão pré-Alfa de Star Wars Battlefront 3, que estava sendo produzido pela Free Radical. O primeiro é da plataforma de Xbox 360, já os dois vídeos do segundo são de PC. Lembrando que nada do que foi desenvolvido pela Free Radical será aproveitado pela DICE. Eles usarão a base de Battlefield 4 para a elaboração do novo Battlefront - o que eu sinceramente aprovo.

Analisando primeiro o vídeo do Chr0m3xMoDz, o dono da página já antecipa ao público que a qualidade é péssima. Falta de frames, bugs horrendos, mas que isso acontece exatamente por ser uma versão pré-Alfa. A primeira cena é o menu de BF3, com as opções de SinglePlayer, Multiplayer, Opções, Estatísticas do Jogador, Extras e Sair do Jogo. Dentro da opção de jogar solo, entramos no Modo Campanha, no qual a pessoa que está testando o game prefere pular o tutorial e já apertar na primeira missão, que acontece em Tatooine. A missão é basicamente controlar uma invasão dos droids da Confederação dos Sistemas Independentes a uma base da República. Você, como um Clone Trooper, tem que dizimar todos os adversários que vê pela frente.


Percebe-se realmente que o estágio do jogo-teste está no início, não só pelas questões gráficas, mas técnicas, como a inteligência artificial dos bots. Muitas vezes o player mata um droid inimigo sem que este tenha dado um tiro sequer. O sistema de jogo é semelhante ao de Gears of Wars, exclusivo de Xbox e game queridinho do administrador da BF BRASIL, Rankatoko, com a câmera em terceira pessoa mostrando apenas da cintura para cima. As cinemáticas não contém som, mas as cenas durante a missão já tem os sons inseridos (tiros das armas, gritos dos droids etc).

Importante ver uma das inovações para o SWBF3. Nos jogos anteriores, existiam dois tipos de mapas apenas: terrestre e espacial. No game produzido pela Free Radical, porém, parece que uma das propostas era integrar os dois tipos num único mapa. No final do vídeo, o player entra numa nave e vai direto para a órbita do planeta, onde vai em direção ao hangar de um Destroyer. Essa transição se mostrou bastante interessante e uma atitude ousada da equipe. Veremos se a DICE vai apostar nessa mesma lógica. Confira o vídeo inteiro e tire suas próprias conclusões!

Agora vamos aos vídeos publicados pelo BananaSwag. O primeiro começa da mesma forma que o do Chr0m3xMoDz. A cena de início é o menu, mas dessa vez o player explora cada opção do menu, entrando em opções de áudio e vídeo inclusive. Notamos dessa forma, diferente do primeiro vídeo, que não há apenas a opção de terceira pessoa, mas também de primeira pessoa, igual a SWBF2.

Finalmente ele aciona o comando para começar uma fase teste. O mapa, inacabado, só mostra a modelação de uma suposta base de treino e de alguns clone troopers. Não há acabamento. Os únicos elementos que já contém traços são o soldado de assalto que o player usa e dois veículos. Ele monta em cima de uma speed bike e dá uma volta no cenário, testando a movimentação dela e os tiros.

Em seguida ele sai desse mapa e começa um Instant Action em Hoth. Defendendo o Império, o player entra num AT-AT e solta alguns tiros. Nesse processo percebemos o estágio inicial de desenvolvimento, pois várias vezes o cenário no fundo some e reaparece. Outro bug bem claro é a troca do personagem do player. Antes de ele ter entrado no AT-AT, ele era um soldado imperial, mas quando saiu, virou um clone trooper. Ao decorrer do teste, vemos algumas semelhanças com Hoth do SWBF2, principalmente nas torres de defesa da base rebelde. Por fim, é testado Darth Vader. O personagem já parecia estar num estágio bem evoluído de desenvolvimento, principalmente por notar o sprint e a maneira que usava o sabre de luz. Dá uma zoiada no vídeo. Lembrando que os comandos aparecem de Xbox, mas ele foi portado do formato PC.



O outro vídeo postado pelo BananaSwag mostra uma espécie de Modo Assalto semelhante ao de Tatooine em SWBF2, ou seja, só há heróis e vilões. Destaco aqui o grau de detalhe no rosto de cada personagem, realmente muito bacana. E o Chewbacca me assustou com o seu poder de destruição e ignorância, rs. Deem uma olhada!


-----------
OPINIÃO: eu me pergunto por que não levaram a ideia adiante. O jogo mostrou, mesmo na fase pré-Alfa, que teria um potencial fodástico para ser uma grande sequência de SWBF2. Por mais que ele se assemelhasse a Gears of War, jogo que eu não demonstro muito afeto, tinha tudo para dar certo.

Como eu disse, achei bastante ousada a ideia de integrar os mapas terrestres com espaciais, seria um toque a mais e bastante diferencial. Não tem como criticar muita coisa, afinal, era uma versão pré-Alfa, o que explica os gráficos horrendos. Apenas lamento que não tenha dado certo. Agora é esperar para ver como a DICE está desenvolvendo o novo Battlefront. Sinceramente, acho que será uma versão bastante diferente dessa que vimos da Free Radical, mais semelhante a Battlefield. E eu, como apaixonado por esse game, vejo com bons olhos a base utilizada para o SWBF3.


E você, o que achou do game que a Free Radical estava desenvolvendo? Acha que a DICE vai aproveitar algo? Dê o seu palpite nos comentários aqui embaixo!
Compartilhar no Google Plus

2 comentários:

  1. Eu me desesperava a cada notícia de cancelamento do SWBF3 e que não seria mais desenvolvido e estava achando muito phoda o jogo da Free Radical e agora estamos esperando, e muito, o Battlefront da DICE.

    Belo Post, Bonham!

    ResponderExcluir
  2. Nem me diga, Ranka! Era uma época muito tenebrosa mesmo.

    Estou muito na expectativa para o lançamento desse game da DICE. Como apaixonado por Battlefield, vejo que será a combinação perfeita.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.